Banner Portal
Contaminação de mel brasileiro por herbicida glifosato
PDF

Como Citar

DE SOUZA, Ana Paula Ferreira; RODRIGUES, Nadia Regina. Contaminação de mel brasileiro por herbicida glifosato. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 7, p. e019146, 2019. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/10164. Acesso em: 20 abr. 2024.

Resumo

O Brasil é líder no ranking mundial de consumo de agrotóxicos, sendo aplicado em mais de 150 culturas (MAPA, 2016). A contaminação do meio ambiente ocorre por diferentes vias e atinge plantas, solo, água e insetos não-alvo em torno da área cultivável. Os insetos polinizadores podem ser expostos de forma aguda ou crônica no momento da pulverização. Cerca de 75% dos alimentos produzidos mundialmente provém da polinização por abelhas dentre eles o pepino, o melão e o mamão (FREITAS e PINHEIRO, 2010). No Brasil 31 culturas são beneficiadas por polinizadores (NOVAIS et al, 2016). O glifosato (GLI) é o herbicida mais utilizado e considerado não tóxico. Recentemente GLI vem sendo encontrado no mel. Assim o objetivo desse trabalho foi detectar níveis de GLI utilizando LC-fluorescência em mel.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 Ana Paula Ferreira de Souza, Nadia Regina Rodrigues

Downloads

Não há dados estatísticos.