Sobre o acoplamento corda-corpo em guitarras elétricas e sua relação com o timbre do instrumento

Autores

  • Rodrigo Mateus Pereira Universidade Federal do Paraná
  • Albary Laibida Junior Faculdades Integradas Espírita
  • Thiago Corrêa de Freitas Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5196/physicae.9.5

Palavras-chave:

Guitarras, Timbre, Física

Resumo

Foram construídos 9 corpos de guitarra elétrica no modelo Telecaster pelo autor RMP, estes foram montados utilizando-se o mesmo conjunto de braço e captador. Uma vez que cada corpo foi montado, procedeu-se realizando a excitação mecânica de duas cordas da guitarra elétrica, o som obtido diretamente do instrumento musical foi gravado para posterior análise. Também foi gravado um trecho musical tocado com cada guitarra elétrica. Para estes sons foi realizado um tratamento de forma a se obter os harmônicos que os formam via transformada de Fourier, estes harmônicos são reponsáveis pelo timbre do instrumento. Os espectros de harmônicos de cada guitarra são comparados entre si e não se verificam diferenças significativas entre eles. Assim, as variações de timbre de guitarras elétricas, segundo os resultados aqui obtidos, dependem de outros fatores que não a madeira do corpo em si, fato que decorre da não existência de uma acoplamento significativo entre a corda e o corpo do instrumento. Também é feita uma proposta de modelagem do acoplamento corda-corpo, a qual mostra que apenas uma quantidade desconsiderável de energia da corda vibrante chega até o corpo do instrumento e que uma quantidade menor ainda retorna até a corda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Mateus Pereira , Universidade Federal do Paraná

Universidade Federal do Paraná

Albary Laibida Junior , Faculdades Integradas Espírita

Faculdades Integradas Espírita

Thiago Corrêa de Freitas , Universidade Federal do Paraná

Universidade Federal do Paraná

Referências

V. Angyalossy, E. Amano e E. S. Alves, Acta Bot. Bras. 19, 819-834 (2005).

J. P. Donoso, A. Tannús, F. Guimarães, T. C. de Freitas, Rev. Bras. Ens. Fís. 30, 2305 (2008).

C. M. Hutchins, J. Acoust. Soc. Am. 73, 1421 (1983).

H. F. Olson, Musical Instruments, 2nd ed., Dover Publications, Mineola, 1967.

N. H. Fletcher and T. D. Rossing. The Physics of Musical Instruments, Springer, Berlin, 1998)

L. Henrique, Acústica Musical. Editora Calouste Gulbekian, Lisboa, 2007.

B. Parker, Good Vibrations Physics of Music, 1st ed., The Johns Hopkins University Press, Baltimore, 2009.

H. Fleischer e T. Zwicker, Acta Acustica united with Acustica 84, 758-765 (1998).

H. Fleischer e T. Zwicker, Acta Acustica united with Acustica 85, 128-135 (1999).

L. Burckle e H. D. Grissino-Mayer, Dendrochronologia 21, 41-45 (2003)

M. Hiscock. Make Your Own Electric Guitar, 2nd ed., NBS,London, 1998.

Disponível em: http://audacity.sourceforge.net/

Ver: http://www.lucchicremona.com

T. C. de Freitas e A. Laibida Jr, Physicæ 8, 19-26 (2009).

L. E. Kinsler, A. R. Frey, A. B. Coppens, J. V. Sanders, Fundamentals of Acoustic, 4th ed., John Wiley and Sons, New York, 2000.

Downloads

Publicado

2011-06-02

Como Citar

Pereira , R. M. ., Junior , A. L. ., & Freitas , T. C. de . (2011). Sobre o acoplamento corda-corpo em guitarras elétricas e sua relação com o timbre do instrumento . Physicae, 9(1), 24–29. https://doi.org/10.5196/physicae.9.5

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)