Uma etnografia do mundo espírita virtual

algumas aproximações metodológicas

Autores/as

  • Alberto Calil Júnior Universidad Estatal de Río de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-2650.3978

Palabras clave:

Ciberespacio, Trabajo de campo, Internet, Espiritismo

Resumen

Um dos produtos da chamada era digital, a internet vem despertando o interesse da parte da população brasileira. Este “novo espaço de sociabilidade” se constitui como arena privilegiada para toda uma gama de acontecimentos que ganham corpo e vida no “ciberespaço”. Neste sentido, chama atenção a emergência das “comunidades virtuais”. Com a ampla participação dos internautas brasileiros estas vêm despertando o interesse dos Cientistas Sociais que descobriram um novo espaço para o estudo da sociabilidade contemporânea, a tal ponto que para muitos a pesquisa na internet está associada à sua análise. O surgimento desses novos “locus” (virtuais?) para a realização de uma pesquisa sócio-antropológica sugere um movimento de “estranhamento” em relação a algumas categorias comumente utilizadas nas análises destes “mundos virtuais”. Tendo como ponto de partida a investigação que atualmente realizo junto ao “mundo espírita virtual” pretendo discutir neste artigo algumas implicações metodológicas da pesquisa antropológica no / do ciberespaço.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Alberto Calil Júnior, Universidad Estatal de Río de Janeiro

Estudiante de doctorado en Ciencias Sociales de la Universidad Estatal de Río de Janeiro (UERJ).

Citas

APPADURAI, Arjun. Après le colonialisme: Les conséquences culturelles de la globalisation. Paris: Payot, 2001.

BARTH, Fredrik. O guru e o iniciador e outras variações antropológicas. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2000.

CALIL JUNIOR, Alberto. “OM SAI RAM”: Encontros e trânsitos no campo religioso brasileiro. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais)-PPCIS/ UERJ, Rio de Janeiro, 2004.

CARVALHO, Marcelo Sávio Revoredo Menezes de. A trajetória da internet no Brasil: do surgimento das redes de computadores à instituição dos mecanismos de governança. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências de Engenharia de Sistemas e Computação)-COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, 2006.

CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

HART, Keith. Notes towards an anthropology of the internet. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, vol. 10, n. 21, p.15-40, jan./jun. 2004.

GUPTA, Akhil; FERGURSON, James. Discipline and practice: “the field” as site, method and location in Anthropology. In: GUPTA, Akhil; FERGURSON, James. Anthropological Locations. Berkeley: University of California Press, 1997. p. 1-46.

JUNGBLUT, Airton Luiz. A heterogenia do mundo on-line: algumas reflexões sobre virtualização, comunicação mediada por computador e ciberespaço. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, vol. 10, n. 21, p. 97-121, jan./jun. 2004.

KARDEC, Allan. O Livro dos espíritos. Rio de Janeiro: FEB, 2004.

LEITE, Antonio C. Lacerda. O GEAE e a divulgação espírita na internet. Anuário Histórico Espírita. São Paulo: Masdra, 2004.

LEMOS, André. As estruturas antropológicas do Ciberespaço. 2002.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

LÉVY, Pierre. O que é o virtual? São Paulo: Ed. 34, 1996.

MACHADO, Carly Barbosa. Questões metodológicas em antropologia: o ciberespaço e a cibercultura nas reflexões etnográficas. 2003a. Trabalho de conclusão da disciplina Metodologia II ministrada por Claudia Resende, PPCIS/UERJ, 2003a.

MACHADO, Carly Barbosa. Religião na cibercultura: navegando entre novos ícones e antigos comandos. Religião e Sociedade, v. 23, n. 2, 2003b.

PRATT, Mary Louise. Fieldwork in Common Places. In: CLIFFORD, J.; MARCUS, G. E. Writing Culture: The poetics and Politics of Ethnography. California: University of California Press, 1986. p. 27-50.

SILVA, Lídia Oliveira. A internet - A geração de um novo espaço antropológico. In: LEMOS, André; PALÁCIOS, Marcos. Janelas do Ciberespaço: comunicação e cultura. Porto Alegre: Sulina, 2002. p. 151-171.

SILVA, Vagner Gonçalves da. O antropólogo e sua magia. São Paulo: Edusp, 2000.

TONNIES, Ferdinand. Comunidade e sociedade como entidades típicos-ideiais. In: FERNANDES, Florestan (Org.). Comunidade e Sociedade: leitura sobre problemas conceituais, metodológicos e de aplicação. São Paulo: EdUSP, 1973.

WIRTH, Louis. Delineamento e problemas da comunidade. In: FERNANDES, Florestan (Org.). Comunidade e Sociedade: leitura sobre problemas conceituais, metodológicos e de aplicação. São Paulo: EdUSP, 1973.

Publicado

2008-12-01

Cómo citar

Calil Júnior, A. (2008). Uma etnografia do mundo espírita virtual: algumas aproximações metodológicas. Ciencias Sociales Y Religión/Ciências Sociais E Religião, 10(10), 117–136. https://doi.org/10.22456/1982-2650.3978

Número

Sección

Artículos