A Dicotomia Nómos-Phýsis no Crátilo de Platão
PDF

Palavras-chave

Linguagem
Formas
Platão

Como Citar

CABRAL, João. A Dicotomia Nómos-Phýsis no Crátilo de Platão. Revista de Estudos Filosóficos e Históricos da Antiguidade, Campinas, SP, v. 14, n. 26, p. 111–129, 2013. DOI: 10.53000/cpa.v14i26.1488. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cpa/article/view/17099. Acesso em: 24 abr. 2024.

Resumo

Este trabalho pretende relevar a problemática envolvendo as posições extremistas do diálogo Crátilo de Platão, qual seja, a mútua exclusão entre as teses naturalista e convencionalista da linguagem. Deslindaremos os equívocos envolvendo interpretação tradicional, bem como procuraremos clarear pontos que nos possibilitem visualizar novas formas de interpretar esse problema.

https://doi.org/10.53000/cpa.v14i26.1488
PDF

Referências

ANDRADRE E SILVA. M.F. Pensamento e Linguagem. Ed. PósModerno. Rio de Janeiro, 2002.

CASERTANO. G. Paradigmas da verdade em Platão. Trad. Maria das Graças de G. Pina. Ed. Loyola. São Paulo, 2010.

CROMBIE, I.M. Análisis de las doctrinas de Platon. Vol. 2. Madrid: Alianza Ed, 1963.

FRONTERROTA, F. EIDOS-IDEA. Platone, Aristotele et la tradizione platonica. Paris: VRIN, 2001.

GOLDSCHMIDT, V. Essai sur le Cratyle. Contribution à l’histoire de la pensée de Platon. 2. ed. Paris: Vrin, 1982.

GUTHRIE, W. K. C. Os sofi stas. Trad. João Rezende Costa e revisão de H. Dalbosco e Maurício Nascimento. São Paulo: Paulus, 1995, cap. IV, p.57-126.

JEANNIÈRE, A. Platão. Trad. Lucy Magalhães; revisão técnica Geraldo Frutuoso; consultor Fernando Rodrigues. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1995.

JOLY, Henri. Le renversement platonicien. Lógos, epistème, pólis. Paris: Vrin, 1994.

KERFERD, G.B. O movimento sofi sta. Trad. Margarida Oliva. São Paulo: Ed. Loyola, 2003, pp. 189-221.

NETO, A.M.R.B. Sobre o Crátilo de Platão. Tese de doutorado, USP, 2011.

PLATÃO. Protágoras – Górgias – Fédão. Trad. Carlos Alberto Nunes, 2. ed. rev. Col. Amazônica, Série Farias Brito. Belém: EDUFPA, 2001.

PLATÃO. Teeteto-Crátilo. Trad. Carlos Alberto Nunes, 2. ed. rev. Col. Amazônica, Série Farias Brito. Belém: EDUFPA, 2001.

ROGUE, C. Compreender Platão. Trad. Jaime A. Clasen. Ed. Vozes Petropolis –RJ, 2005.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Revista de Estudos Filosóficos e Históricos da Antiguidade

Downloads

Não há dados estatísticos.